Copy


     Todo comportamento tido como exemplo deve ser seguido e passado adiante por gerações. Nunca haverá originalidade no mundo humano, pois tudo é uma questão de flexibilidade do alternativo comparado aos preceitos tradicionalistas que se divergem em novas aplicações convenientes ao sistema proposto. Ser original em um mundo de repetições é tão perturbador quanto a palavra normal.
     Pode-se dizer que tudo o que temos em mente é reflexo psicobiológico de empírico desenvolver. Reprojeção de micros acontecimentos que se prolongam em tempo e espaço. E objetivando o peculiar e curioso estrelismo da originalidade, podemos apenas dissimular uma cópia, mesmo que tardia.
    Querido, querido. Não há nenhum problema em imitar o que é bom, mas apenas não diga que não quer ser como eu logo após de recitar minhas palavras. Isso me faz morrer.Você não viu o que eu vi, não viveu o que vivi, e além do que todos os garotos e garotas querem ser como eu, ou pelo menos uma parte mim. Como um dizer ancestral que tentamos vivenciar, mas disso não compartilho pois meu caminhar é malévolo. O gosto da inverdade é um dissabor que não tolero, bem como os intrigantes momentos de conversas convexas com objetivos de deturpação alheia, esse tipo de simulação não é colhida com bons olhos por ninguém.
   Uma atitude positiva, uma experiência bem vivida, boa ou não, uma conversa... Há inúmeros exemplos de situações que podemos apenas passar adiante de maneira grata. Sem duplicidade de intenção, apenas sentimento puro de comunidade, no tocante ao aceleramento da convicção própria que estamos divulgando o bem. Passe para frente, ao próximo, apenas as coisas boas. Seja exemplo e não um mero mortal.
     Em algum momento, até a pior pessoa do mundo (eu) pode ter algo bom para servir de exemplo. Parabola-se tudo e qualquer coisa para aquele que sabe o que dizer, deve ser por isso que há a criação e há o aperfeiçoamento e seguindo as regras científicas da criação e modelagem, o que não é aperfeiçoado é uma mera cópia, pode ser até diferente, mas caso não traga nada inovador, perdeu-se tempo em clone imprestável.
     Sou criativo o suficiente para o teu plágio se transformar em simples perpetuação do meu eu. Não preciso mostrar a origem, sei de onde vêem as coisas, sei onde vivem os monstros, e sei que há muito mais por vir do que você possa copiar.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Quando bate aquela saudade.