Nostalgia



     Consegui finalmente identificar qual a sensação real da nostalgia que eu estava sentindo. Por passar mais uma vez por uma situação batida, e acabar de quase mesmo modo, em todos os sentidos, me peguei pensando no meu primeiro e leal relacionamento. E isso me fez perceber o quanto, hoje, eu sou diferente. É fato que as coisas evoluem ou estacionam, assim como eu cresci em alguns sentidos e em outros nem tanto, vejo que você também trilhou seu caminho e hoje és uma mulher fantástica, mais que antes... muito mais. E o tempo passou, oportunidades foram tolhidas, esperanças despedaçadas e corações machucados.
      Tudo isso por um singelo egoísmo juvenil, que de fato fora necessário para o crescimento de ambos. Hoje não me vejo junto à ti como outrora... tentar alguma relação seria deveras estranho, e nem a amizade seria possível por nossos vínculos serem distintos. Uma saída qualquer, uma conversa casual por telefone ou uma visita via Skype não se faz necessária. Não podemos fingir que em nós habita um sentimento recíproco de saudade, nós dois sabemos que o que nós vivemos foi o que fora e ficará apenas em lembranças.
     Nostalgia é sentimento de saudade comum, que nos dá ótima sensação de conforto por mais terrível que seja a lembrança. Vem consigo pessoas, lugares, sensações e músicas, tudo remetido em um clima interessantemente agradável, e geralmente são coisas da infância ou adolescência por serem fases onde a agradabilidade era diariamente entre 65-95% do dia. Não era cem por cento porque nunca estávamos satisfeitos, o querer predominava, e para uns isso nunca mudou. 
      Nunca.
     

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Quando bate aquela saudade.