O Outro Lado da Memória.


"Amar é encontrar uma coragem dentro de si que nem se sabia que existia". Luíza Bedim, uma jovem talentosa e cheia de sonhos, sofre uma grande decepção com a pessoa que ela mais ama. Depois desse período, passa a ser perseguida pelo medo e a dor profunda do que aconteceu. Sua vida muda totalmente e não consegue mais viver da forma que vivia antes. Luíza acredita que nunca mais será feliz, e vive alimentando-se de sua solidão interna. Anos depois do acontecido, ela conhece Arthur, um jogador de basquete novo em sua escola que chega chamando a atenção de todos. Ela o ignora totalmente no inicio, porém, é obrigada a passar uma hora de seu dia com ele. Entre muita confusão, brigas e discussões, Arthur mostra-se alguém que Luíza não esperava que ele fosse. Alguém capaz de fazer com que o outro lado de sua memória seja mudado. Descobre que só é possível encontrar a felicidade se for atrás dela. Em um romance divertido, complexo e cheio de mistério, você vai se apaixonar e sentir cada emoção vivida por Luíza em sua própria pele.

A) Opinião sobre a história?
Clichê seria um pouco genérico. Apesar de que a sinopse é muito sessão da tarde para esse conto bem Malhação.

B) Opinião sobre os personagens?
Mimimi, Não-me-toque, Nhe-nhe-nhe. 
Não há nada aqui que você não viu nos padrões clichês da vida. A única diferença é que ninguém sofre Bullying ou é desastrosamente idiota.

C) Qual o ponto entre a posição atual e a sinopse?
Nenhum, está naquele ponto da história em que a garota começa a se apaixonar pelo cara que ela não dá valor, e ele tentando encantá-la por gostar dela.

D) Frase mais interessante até agora?
No meio do caminho havia uma pedra... Eu, sentada no chão, na chuva, no meio do caminho.

E) Qual a ultima frase da página 100?
Sabia que ele queria saber do Lucas.

F) Pretende continuar a ler?
Já li. 
Livro com diálogos rápidos, demais. 

G) O que esperar do restante do livro?
Que a garota enfrente o passado dela (Lucas), que o atual fique com ela (o que ele vai fazer desde sempre), e que tudo acabe bem (preciso falar mais?).

H) Indicaria esse livro?
Sim e Não.
Sim- Para crianças de 13/14 anos, as quais estão começando a vida colegial, esperando ler romances tipo Disney, onde tudo no final dá certo e que no meio do caminho tinha uma pedra. Em uma hora ou duas dá pra ler esse livreto fácil fácil, tipo uma temporada de novela juvenil resumida em um capítulo.
Não- Um livro que não oferece nada, nem alegria, nem tristeza, nem mistério, nem ousadia. Se quiser passar uma hora da sua vida lendo algo interessante, tenho ótimos blogs com fruição melhor que este título.

P.S.: O ultimo capítulo (22: O Casamento), é altamente desnecessário e estragou aquilo que poderia ser regular. Quando empresto para alguém aviso que não o leiam.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Eu fui à praia sozinho.