O Circo da Noite



Sob suas tendas listradas de preto e branco uma experiência única está prestes a ser revelada: um banquete para os sentidos, um lugar no qual é possível se perder em um Labirinto de Nuvens, vagar por um exuberante Jardim de Gelo, assistir maravilhado a uma contorcionista tatuada se dobrar até caber em uma pequena caixa de vidro ou deixar-se envolver pelos deliciosos aromas de caramelo e canela que pairam no ar. Por trás de todos os truques e encantos, porém, uma feroz competição está em andamento: um duelo entre dois jovens mágicos, Celia e Marco, treinados desde a infância para participar de um duelo ao qual apenas um deles sobreviverá. À medida que o circo viaja pelo mundo, as façanhas de magia ganham novos e fantásticos contornos. Celia e Marco, porém, encaram tudo como uma maravilhosa parceria. Inocentes, mergulham de cabeça num amor profundo, mágico e apaixonado, que faz as luzes cintilarem e o ambiente esquentar cada vez que suas mãos se tocam. Mas o jogo tem que continuar, e o destino de todos os envolvidos, do extraordinário elenco circense à plateia, está, assim como os acrobatas acima deles, na corda bamba.

A) Opinião sobre a história?
Um conto sobre circo, sobre mágica, sobre quem é o melhor em um duelo mortal. Fascinante não é? Também achei.

B) Opinião sobre os personagens?
Os poucos personagens são bem trabalhados, deixando suas marcas e projetando expectativas para o seguir da aventura.

C) Qual o ponto entre a posição atual e a sinopse?

É exatamente o capítulo de estréia do circo, consegue sentir o cheiro de pipoca e caramelo?

D) Frase mais interessante até agora?

Ele se esquece de que também  já foi o sonho de alguém.


E) Qual a ultima frase da página 100?
-Qual das duas é a mais velha, então? 

F) Pretende continuar a ler?
Sim, ligeiramente polido. O livro dá uma sensação de filme espetacular. 

G) O que esperar do restante do livro?

Sinceramente eu não sei, mas torço que o espetáculo seja inesquecível. Que o duelo não seja mortal e que o garoto seja feliz.


H) Indicaria esse livro?
Sim, é um livro muito bom. Geralmente dou um de presente quando vejo que alguém está perdendo sua própria mágica. Inspirador.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Eu fui à praia sozinho.