Shark Night 3D (Terror na Água 3D)


 Nunca vi um filme de Animais Mortíferos tão ruim na minha vida! Vai ser ruim assim na puta-que-o-pariu!

Vamos para o resumo do filme:

Um fim de semana na casa do lago se transforma em pesadelo para sete jovens turistas, quando eles começam a sofrer ataques de uma terrível criatura. Ao chegarem de barco à casa de sua família às margens do lago Louisiana, Sara (Sara Paxton) e seus amigos logo vestem seus trajes de banho para um fim de semana de diversão sob o sol. Mas, quando o jogador de futebol americano Malik (Sinqua Walls) sai cambaleando da água salgada do lago com o braço arrancado, o humor do grupo subitamente desaparece.

Então, a Disney caga lindo aqui. Me desculpe a expressão, mas não há como dizer que esse filme não é uma cagada... e em 3d!

Não tem nudez? Não tem sexo? Não tem pedaços humanos voando? Não tem sangria?
Mas o que diabos tem esse filme?

Resposta rápida: Corpos bonitinhos e muita água.

Quero dizer, corpos malhados, porém não pelados, tampouco semi nús. O que eu diria que o Trash está caindo em decadencia. Fora isso os animatrons Tubarísticos são fiéis, dão um jogo bem bolado de "olha o tubarão!"... "olha o tubarão lá de novo!"... "Ah, come logo essa vadia!". Vendo por esse logo, até os Tutubas deixarão a desejar. Mas também, são 46 tubarões de espécies diferentes, em um lago gigantesco do tamanho do Brasil, e um lago salgado, onde uma garota tem uma casa no meio do nada, sem comunicação com o mundo. Tudo muito natural.

Nada de 3D, sem sangue jorrando, sem pânico, sem terror.

Nota: 1

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Quando bate aquela saudade.