Mark me


 Que todos nós vivemos de atribuições de valores e pessoas, isso nós sabemos, mas -MÂS- até que ponto isso influencia na sua vida. Viver de marcas não te faz uma pessoa melhor ou pior que a outra, te faz medíocre. Não é a marca que te faz bela, cheirosa, bem quista, mas é ela que te realça alguns valores e conforto.

 Para ser elegante ou se mostrar presente, não precisamos necessariamente gastar um rio de dinheiro ou ficar na forca com a administradora de cartão de crédito. Basta apenas, você ter noção do que você quer e fazer valer o "luxo". Melhor você comprar vários pares de meias que você está precisando, do que mais uma Melissinha que já não sabe onde guardará.

 Meu celular é da Apple, meu tênis é da Mizzuno, meu laptop é da Sony, meus óculos são D&G, meu perfume é 212 SEXY MAN, meu relógio é Porshe, minhas bermudas são Abercrombie & Fitch, minhas camisetas são Hollister, cuecas são Calvin Klein, calças da Levis...

Pra quem pode ter um item de luxo, dou valor, dependendo da situação da pessoa é tipo essenssial, mas se isso torna assunto cotidiano e faz parte de valores que as pessoas há de possuir, não dou valor. As pessoas são essencialmente aquilo que elas são, nuas. Se não sabe quem tu és nu, irá se perder nas marcas tentando acha uma personalidade e/ou caráter.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Quando bate aquela saudade.