5 Anos.



Você já pensou onde você vai estar daqui a cinco anos? O que terá daqui a cinco anos?

A vida, sendo um mar de fluxo contínuo, nos leva a tantos cantos que nunca imaginamos. Ela nos apresenta pessoas e situações diferentes e em cinco anos acontece um mundo de coisas e passa em um piscar de olhos. Mesmo que aconteça um giro de vários graus e loopings diferentes em sua vida, não deixe de criar planos e preparar trajetórias para um objetivo comum. Uma graduação, um curso, um carro, uma casa ou um filho, sempre prepare bem o que você quer numa projeção de cinco anos, adicione também o que você não quer.
 Nos casos de trabalho, um concurso ou emprego no setor privado, tenha a expectativa do árduo trabalho como conquista de evolução financeira, não seja escravo dos agentes bancários e suas grandes corporações de crédito. Também não seja um tolo juvenil explorando seu salário ao máximo em festas e objetos sem se preocupar com poupança ou investimentos. Viver como um assalariado qualquer todo mundo vive, depois se passa o tempo e você não consegue enxergar o que conquistou por ser tão diminuto.
Em cinco anos pode-se encontrar a pessoa certa, noiva e casar e quem sabe até ter filho(s). No calendário do amor esses cinco anos de projeção de nada vale, pois em uma semana você pode viver algo que em quatro anos e tantos meses você nunca vivera. Apenas encalça teus desejos e tenha em mente o que realmente você quer para que, quando acontecer, você saiba lidar com as situações. Visto que o ficar, namorar, noivar ou casar, tudo isso em cinco anos pode acontecer várias vezes, uma única vez ou nenhuma vez.
 O que tento ressaltar nesse texto é a importância de planejar as metas de vida em um prazo de cinco anos, que não é tão curto tampouco tão longo, o que te torna capaz de realizar. Faz uma lista de cinco objetivos importantes para tua vida, cinco não tão importantes e cinco nada importantes. Trace o percurso para a efetivação desse objetivo e veja os prós e contras, daí você terá uma noção curta do que será extensionado em cinco anos.
Fique atento para as possibilidades que podem surgir para a concretização do objetivo número um e não se esqueça da sequencia que pode não ser obedecida devido às oportunidades da vida. Às vezes, passamos batido em algumas jogadas e depois ficamos irados, o que de fato pode ser atordoante deve ser engolido como experiência e não como falha pura. Ah, lembrando que alguns objetivos, por mais simples que possam parecer, podem se perder no tempo, mas se você realmente almeja com todo o coração, com veemência pode ser passado para, depois de cinco anos, a nova lista de objetivos de vida pra agora. Para esses novos cinco anos.

Você já pensou onde você vai estar daqui a cinco anos? O que terá daqui a cinco anos?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Quando bate aquela saudade.