Dizem por aí


 Vi no Skoob que as pessoas mentem muito sobre ter lido certos títulos. Ora, isso é tão óbvio. Claro que as pessoas dirão que já leu isso e aquilo, principalmente se é algo tão conhecido e comentado quando Harry Potter ou 50 Tons de Cinza, acontece muito, mas não exclusivamente da literatura. Eles mentem sobre as bandas famosas, dizem que são fãs e acompanham a carreira do cantor(a)/banda desde sempre, mais no fim das contas só conhecer os singles; do mesmo com os filmes Cult e Blockbusters, tem muita gente que conta filme do Almodovar como se realmente tivesse assistido, mas quando posicionado numa cena que não é tão falada nas redes, a pessoa fica com a cara de paisagem. Acontece sempre, pois faz parte dos círculos sociais essa mania de ter que mentir para não ser excluído, e acabam deixar para lá, nem tentam ler, ouvir ou assistir os tais filmes comentados. Perder tempo com algo que dizer ruim, ou não é de Deus, pra quê? Não é mesmo? Mas, aí é que tá! Como ter a verdadeira reflexão de Gosto/Não Gosto se nunca tentar? Bem, sei que as coisas nem sempre são boas, ou do nosso apetite, mas com certeza não precisam ser dissimuladas. Sendo assim, também deixo aqui a lista da BBC que, em pesquisa, cita os 20 livros mais mentidos que foram lidos. E ainda faço o desafio, tentar ler todos eles, talvez não em sequencia, para dizer se, realmente, é tão difícil não ser mais um mentiroso no mundo.


Alice no País das Maravilhas - Lewis Carroll
1984 - George Orwell
Trilogia O Senhor dos Anéis - J.R.R. Tolkien
Guerra e Paz - Leo Tolstoy
Anna Karenina - Leo Tolstoy
As Aventuras de Sherlock Holmes - Arthur Conan Doyle
O Sol É para Todos - Harper Lee
David Copperfield - Charles Dickens
Crime e Castigo - Fyodor Dostoyevsky
Orgulho e Preconceito - Jane Austen
A Casa Soturna - Charles Dickens
Série Harry Potter - J.K. Rowling
Grandes Esperanças - Charles Dickens
O Diário de Anne Frank - Anne Frank
Oliver Twist - Charles Dickens
Trilogia Cinquenta Tons de Cinza - E.L. James
O Caso dos Dez Negrinhos - Agatha Christie
O Grande Gatsby - F. Scott Fitzgerald
Ardil 22 - Joseph Heller
O Apanhador no Campo de Centeio - J.D. Salinger

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Eu fui à praia sozinho.