6 lições para entender que você não precisa ser rico para viajar.




O que você precisa é fazer alguns ajustes nos seus hábitos de vida e entender algumas coisas…


Uma amiga chegou esses dias com uma ótima notícia: ela e o marido irão passar 7 meses na Alemanha, sendo que essa é a primeira vez que ela faz uma viagem internacional. Por ser uma professora do pré primário, o marido um estudante de doutorado e por terem comprado um apartamento em São Paulo há menos de um ano, muitos se espantam quando ela conta essa novidade. Afinal, como ela conseguiu dinheiro para viajar?
Na verdade essa notícia não me surpreendeu. A Luíza sempre foi organizada com seu dinheiro e muitas vezes atuou como minha consultora de economias. Para mim, ela é só mais uma prova de que você não precisa ser rico para viajar. Você precisa ter algum dinheiro, claro. Mas principalmente fazer alguns ajustes nos seus hábitos de vida e entender algumas coisas. Vou explicar melhor:



1. Viajar não precisa ser luxuoso. Muita gente ainda tem aquela concepção de que viajar é ficar num super hotel na Europa ou Nova York, pegar um voo na melhor companhia aérea, comprar um pacote que inclui todos os passeios dos guias de viagem e jantar nos melhores restaurantes da cidade. Esquece isso. Quem tem pouco dinheiro pra fazer uma viagem, passa um tempão pesquisando na internet os voos e hotéis mais baratos, não se limita a países onde se gasta em dólar ou euro e sabe que os melhores momentos da viagem não são aqueles comprados no pacotão, mas os que acontecem de surpresa.


2. Economizar significa mudar o seu estilo de vida. Sabe aquele happy hour que você faz toda semana? E quanto você gasta com o seu carro? A diarista que você paga? É necessário ir ao salão de beleza com tanta frequência? Economizar é rever os seus gastos e dispensar o que é dispensável. Não se esqueça do que dizem por aí: “Viajar é a única coisa que você compra que te deixa mais rico”.


3. Viajar é prioridade. Quem quer viajar de verdade mas não tem muito dinheiro, sabe que com um iPhone 6 dá pra comprar uma passagem internacional pra qualquer lugar do mundo.Você prefere ter o celular ou viajar? São escolhas que precisam ser definidas quando não dá pra ter os dois. E quando viajar é definido como prioridade, é fácil dispensar até as coisas mais baratas. Meu namorado me perguntou por quê não faço um upgrade no meu plano de TV a cabo por “apenas R$30 a mais por mês”. A resposta é simples: porque eu não preciso. Isso não é prioridade.



4. Quem quer viajar, se vira pra economizar e ter dinheiro. Começa a ir pro trabalho de ônibus, faz as unhas em casa e até trabalha mais pra ter um dinheiro extra. Eu vivo fazendo uns trabalhos de traduções além do meu emprego regular. E a minha amiga passou um tempão dobrando os horários dela na escola para aumentar seu salário. E isso não tem nada a ver com ser pão duro (talvez um pouco). Eu prefiro chamar de “buscar a realização de um sonho”.


5. Se organizar para viajar. Houve uma época em que eu não tinha coragem de olhar a fatura do meu cartão. Até que percebi que, se quisesse ter dinheiro para viajar, precisaria controlar o que estava gastando e me organizar. Então comecei a fazer planilhas, checar meu extrato bancário com frequência, baixei aplicativos de controle de gastos e defini exatamente o quanto eu tenho que guardar mensalmente.

E o que você precisa entender para não desanimar é que…



6. Ter dinheiro para viajar não acontece da noite pro dia. Tem que trabalhar muito, economizar muito, talvez até trocar de emprego para ter uma promoção, se organizar e ter foco. É por isso que muita gente desiste de viajar no meio do caminho e acaba comprando o iPhone parcelado em dez vezes (só se esquecem que viajar deixa as pessoas mais felizes do que bens materiais…).
Não vou negar que é mais fácil ficar em casa reclamando da economia do país, do seu chefe que não te dá aumento, que o dólar está caro e que viajar é coisa pra gente rica. Mas adivinha? Nada disso vai te ajudar a fazer a viagem que você deseja. E querer viajar é importante, mas se você não se organizar pra fazer acontecer, nunca vai entender porque uma viagem é mais valiosa do que tudo o que você economizou até hoje.

Por Amanda Noventa.

Comentários

  1. Ótimo texto. E é assim mesmo que acontece. Viajar não precisa ser nada luxuoso. Aliás, melhor ainda quando não é. Quando podemos caminhar, conversar, sem os "de nariz em pé" por perto. Aliás, viajar nem precisa ser caro. há muitas viagens que podemos fazer dentro do nosso país.
    Abraços K

    ResponderExcluir
  2. É só ver as prioridades não é Gih? Acredito que tudo funcione com muita luta e força de vontade. Abraço!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Eu fui à praia sozinho.