Pronto!


Um dia acordei e decidi: A partir de hoje eu sou feliz. Pronto!
Parece bobagem, mas minha vida mudou completamente, eu parei de esperar o que nem sabia que estava esperando e muito menos de onde vinha. Parece louco, mas é verdade: quem procura felicidade nem sabe o que é isso. A felicidade pode estar embaixo do seu nariz. Pode ser apenas uma forma diferente de encarar a vida. Sim, porque uma mudança de prisma já traz felicidade. Faça o exercício da lagartixa, suba no teto e olhe sua vida como se ela não fosse sua. Veja que lá de cima o que te incomoda é pequeno, perto do tanto de coisas que você tem ao seu redor. Mas não, o sujeito que é teimoso fixa naquela eterna procura.
Que mania é essa de achar que felicidade vem lá da linha do horizonte ou pra lá de onde o vento faz a curva?
Que vem dos outros?
Que está no IMPOSSÍVEL?
Que felicidade que é felicidade, tem que ser inatingível?
Que feliz mesmo só o vizinho, ai que inveja?
Que vem em uma caixa gigante com laço vermelho?
E por aí vai, é uma infinita lista de razões para não ser feliz. Parece que o sujeito nasceu pra ser infeliz e ter do que reclamar, senão não tem graça né? Alerta! Sua felicidade apenas a você compete.
Funciona assim: Não colocar a responsabilidade da sua vida nas mãos de "alguém" para depois não ter que ser o chato a reclamar que "ninguém" foi capaz de te fazer feliz. Aí você vai dizer: É “impossível ser feliz sozinho”, e eu digo: Em parte sim, em parte não. Você precisa aprender a ter momentos de felicidade sozinho e é aí que tudo muda.
Estar acompanhado é um vício, que torna a solidão alvo da infelicidade. Aprender que você se basta é a chave do segredo. E sabe por que?
Se conseguir ser feliz sozinho, verá que em curto prazo logo os outros chegarão e companhia não te faltará.
Simplesmente porque eles ainda não pensam como nós, e por isso acreditam que só alguém feliz será capaz de fazê-los felizes também.
Acorde para a vida. Decida, finalmente, ser feliz.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Eu fui à praia sozinho.