Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2014

Caminhos de Sangue (Dustlands: Livro 1)

Imagem
Caminhos de Sangue - Dustlands, livro 1 Moira Young, Intrínseca - 349 págs.
Sinopse: O Lugh nasceu primeiro. No solstício de inverno, quando o sol fica bem baixinho no céu. Depois fui eu. Duas horas depois. Isso já diz tudo. O Lugh vai primeiro, sempre primeiro, e eu venho atrás. E assim tá bem. Assim tá certo. É assim que tem que ser.
Saba foi criada na Lagoa de Prata, uma imensidão de terra desértica assolada por constantes tempestades de areia. A miséria e a aridez do lugar não a incomodam, contando que seu irmão gêmeo, Lugh, esteja por perto. Um dia, porém, pouco depois de seu aniversário de dezoito anos, uma enorme tempestade traz em seu rastro quatro cavaleiros de manto negro, e a vida de Saba desmorona como a areia que rasgava o céu: seu pai é morto e Lugh, seu sol, é raptado. Saba não tem escolha a não ser ir atrás dele.
Atirada na realidade selvagem e sem lei do mundo fora da Lagoa de Prata, Saba não sabe o que fazer sem Lugh para guiá-la. Por isso, talvez, sua maior surpresa seja o…

Todo amor do mundo.

Imagem
E o tempo vai deixando só as melhores coisas arderem no peito. E assim será melhor. Os dias vão passando sem uma contagem precisa de tempo, e o que antes eram dias e semanas, hoje são apenas datas comemorativas, logo você percebe que o calendário só serve para isso, delimitar acontecimentos: Ano novo, carnaval, páscoa... E assim talvez será melhor. Você desejará um dia com trinta horas, uma semana com menos dias, um ano que passe devagar para entregar projetos, e mais rápido para que você possa viajar nas férias de verão. O que vai ficando para trás é um amontoado de acontecimentos atordoados, carros batidos, contas pagas, festas fotografadas, encontro com amigos, trabalhos em planos e beijos roubados. E assim será bem melhor. Quando você perceber já foi. "Será um dia" e "foi naquele dia", o amanhã ou o ontem, é bem por aí. Não se preocupe em ter medo das coisas, pois nada será do mesmo jeito, nem mesmo seu medo. E assim será melhor, porque você pode inovar nos err…

10 Motivos para você ter o hábito de ler.

Imagem
Livros com histórias envolventes são capazes de desligar você do mundo ao redor, fazendo com que sua atenção esteja inteiramente voltada para o que acontece na trama Uma das práticas que os jovens consideram mais entediantes é a leitura. Não é raro ouvir reclamações sobre a obrigatoriedade da leitura, mesmo que algumas histórias surpreendam por atrair o interesse. Contudo, estabelecer o hábito da leitura pode trazer diversos benefícios para a vida, tanto no mundo acadêmico quanto na carreira. Confira a seguir 10 motivos pelos quais você deveria ler todos os dias:
1. Estímulo mental
O cérebro necessita treinamento para se manter forte e saudável e a leitura é uma ótima maneira de estimular a mente e mantê-la ativa. Além disso, estudos mostram que os estímulos mentais desaceleram o progresso de doenças como demência e Alzheimer.
2. Redução do estresse
Quando você se insere em uma nova história diferente da sua, os níveis de estresse que você viveu no dia são diminuídos radicalmente. Uma hist…

Pronto!

Imagem
Um dia acordei e decidi: A partir de hoje eu sou feliz. Pronto!
Parece bobagem, mas minha vida mudou completamente, eu parei de esperar o que nem sabia que estava esperando e muito menos de onde vinha. Parece louco, mas é verdade: quem procura felicidade nem sabe o que é isso. A felicidade pode estar embaixo do seu nariz. Pode ser apenas uma forma diferente de encarar a vida. Sim, porque uma mudança de prisma já traz felicidade. Faça o exercício da lagartixa, suba no teto e olhe sua vida como se ela não fosse sua. Veja que lá de cima o que te incomoda é pequeno, perto do tanto de coisas que você tem ao seu redor. Mas não, o sujeito que é teimoso fixa naquela eterna procura.
Que mania é essa de achar que felicidade vem lá da linha do horizonte ou pra lá de onde o vento faz a curva?
Que vem dos outros?
Que está no IMPOSSÍVEL?
Que felicidade que é felicidade, tem que ser inatingível?
Que feliz mesmo só o vizinho, ai que inveja?
Que vem em uma caixa gigante com laço vermelho?
E por aí va…

Repouso

Imagem
A mente de qualquer pessoa comenta, gesticula, indica, subtrai, silencia, corrobora, deleta, e acrescenta um monte de coisas em todo momento. Em qualquer momento. Agora. A gente se pega pensando em planos para daqui a pouco, para mais tarde, para um futuro em conjectura. Até com os valores da loteria a gente já se imagina gastando, bem como o salário já gasto.   Essa é a mente de qualquer um.  Mas... eu não sou qualquer um. Eu sou um deles. E sendo "diferente", minha mente não pensa assim, é muito raro perpetuar um estado de programação tão limitada. A minha mente, e toda sua personalidade particular, quando em total integridade cognitiva e substancial, ela narra. Ela fala de mim para consigo. É como se alguém narrasse a minha vida em detalhes de filme francês. Algo tão culto que colabora em monocromatizar a minha vida.  O trabalho comum me afugenta.
 Minha mente grita pela liberdade, pelo ato impulsivo em ser confeccionada com o universo infinito. Estou na Terra, estou vivo,…

Oração

Olá,
como vai?
Espero que estejas bem.
Sim,
espero com toda sinceridade.
Entre e fique à vontade.
Vamos,
não tenha medo.

Vamos logo,
não temos tempo.

Rápido!

Pronto.
Agora me dê essas malas.
Isso mesmo.
Vou guardar essas bagagens de vida falida no armário.
Você quer desocupar os bolsos também?
Seria bom.
Certo,
deixarei suas falsas expectativas aqui na mesinha de centro.
Viu como está mais leve?
Consegue sentir o corpo sem as cobranças dos olhares dos outros?
Pois é. É bom,
não é?
Mas aproxime-se,
vamos.
Venha comigo,
siga-me.
Vamos!
Já disse,
não tenha medo.
Ah! E também não faça essa cara de timidez.
Segure minha mão,
tome.
Sinta. Viu?
Também estou gelado.
Mas sabe porquê não consigo parar um só momento?
Não sabe?
Bem,
desde que você chegou aqui achei que já estivesse pronto.
Mas não tem problema.
Não, não.
Porque eu já tenho tudo planejado. Não se preocupe.
Rezo pra que goste do que te preparei.
Você está pronto?

Então,
vem comigo que no caminho te explico.