Cerquilha


     Não importa o efeito que se torna necessário fazer, você não é obrigado a fazê-lo, sabia disso? Não é porque você está em uma rede social que tem a função automática de curtir, ou compartilhar tudo e qualquer coisa. Seja ela de amigos ou não, peneire tudo o que você faz. Ninguém vai se chatear porque você se omitiu, não viu ou até não gostou de algo que lera, a não ser que seja uma namorada, marido e coisas do tipo. (Ciúmes podem gerar conflitos extras)
     Vamos supor que eu goste de uma foto tua, você não precisa gostar de uma minha. É sério. Faça apenas o que o teu dolo, tua vontade, teu querer "quiser". Redundante do mesmo modo que suplico-te, se não gosta das coisas que faço é só se retirar. Parece fácil falando não é? Mas, fazendo é mais simples ainda. Acredite.

     Quem tem uma amizade reflectiva em redes sociais e trás isso para o cunho da valoração, não é pessoa de personalidade compreensível ou adulta. É o famoso dono da bola, só deixa brincar se brincar também e vice-versa, no mundo digital. É confuso ver isso em tempos modernos, pois é diminuta a solução pra isso, um singelo bom senso. Se eu for fazer uma festa que só toca pagode, se apenas irão amigos pagodeiros, num local totalmente odioso por você, será que eu nunca mais olharei na tua cara penas porque sei que você não curte essas coisas e você é "obrigado" à ir pois é meu amigo? Cara, se você é realmente meu amigo deve entender que eu compreendo todas as possibilidades e espero o mesmo de sincero coração.

#Cresça



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Eu fui à praia sozinho.