It's Fireman, Bitch!


     Vai dizer que não sou bem-vindo? Mas é óbvio que sou!
     Sei bem que você sente a minha falta por mais psicotrópicos que tentam me deter, porém de um jeito ou de outro estarei sempre por aqui. Divagar, de vagar, vagar. Na espreita do momento certo para um entrada triunfal, mas não se engane, não sou tão orgulhoso quanto meu poderio demonstra. Só quero ver o bem de todos... e unicamente o meu.
     Fico feliz em saber que deixei de ser Id para ser um complexo próprio, uma outra pessoa na verdade. Isso me dá toda a liberdade de ser e fazer o que Eu quiser, tal como qualquer outro, isto é importante porque o mérito é meu. Não é uma desculpa, uma fuga, são ações muito bem planejadas e espontâneas que advém da minha personalidade, muito diferente do meu Receptáculo. 
     Outro lado bom é que fica mais fácil ter acesso ao externo, não preciso espreitar por entre a realidade para falar nada, fazer nada. Agora temos nossos espaços delimitados, tá bom eu tenho que concordar que aquele nosso trato foi bom para ambos, eu só não queria ser minimizado, isso não me faz uma pessoa diferente faz? Talvez receosa pela própria capacidade, afinal sabemos que eu sou todo o seu potencial registrado em cálidos (des)prazeres, sou ápice de tudo aquilo que você tenta ser. 


     Tenho planos traçados para nossa felicidade, e como bem sabemos é só aguardar o tempo passar e visualizar as variantes. Garanto que dessa vez não passaremos por provações designadas pelo determinismo como no ano passado, onde tudo não foi mais que uma retrospectiva de Déjà vus cíclicos e meus vários "Eu te disse". Acredito no fundo do meu brasal coração que as ondas energéticas que circulam nossos universos estão conspirando para um feito maior. Apoio aos amigos, suporte a família, trabalho, estudo e festas. Cada qual no seu pleno sistema temporal, sem alardes ou desajustes.
     Passo por aqui para dar boas e maravilhosas vindas ao ano de 2013, ano o qual tudo se reestruturará em ordem. E enquanto meu ócio não invalida suas tentativas, estarei por entre vós, aguardando a precisão do arquétipo, e nesse trabalho de Sorte ou Revés, quem sabe no futuro possamos ser apenas um? Uma fusão em disparate.
     Ainda espero que um dia você consiga olhar fixamente para as chamas sem medo de me ver, sem temer a invocação.


     



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Eu fui à praia sozinho.