Flower


     Contraste seria mais objetivo, mas não fora o estopim deste pensamento, embora fosse o nome de uma boa teoria. A teoria do contraste.
     Contraste é a diferença nas propriedades visuais que faz com que um objeto seja distinguível de outros e do plano de fundo. Logo, contrastado é o objeto que se per faz distinguível.
     Agora observe em tua vida, crie um plano de fundo, pode ser uma situação ou lugar e agora observe o contrastado, o alvo, a pessoa ou objeto. Analise sua interação com o meio e seu comportamento pessoal. Sacou? Pois bem, o que vou delatar é o fato das pessoas não se atentarem ao colorido e ao contrastado, ou pelo menos elas demonstram (mesmo que falsamente) não perceber esta situação.
     Vivo com algumas pessoas que não se situam na própria vida, que às vezes reclamam da posição ao qual se colocam. São pessoas medíocres que não vivem a própria vida, que gostam de subcolocar a si perante os outros, pessoas aos quais devemos nos afastar. Elas agarram nossa vontade como se fosse as delas, elas acabam alugando nossa paciência e não do modo bom, da maneira saudável; elas raptam nosso entender que é conversado com elas, mas elas "não entendem", ou fingem fazê-lo.
     Todo mundo tem alguém contrastado por perto, um familiar, um vizinho, um amigo, ou até algum conhecido. O contraste pode ser uma fase, ou um modo de vida. Quer exemplos? 
     O cara que quer passar no concurso, mas não estuda. (Na certa ele acha que pela sorte do espírito santo ele vai fazer uma prova boa ao ponto de uma colocação aceitável, nem baixando o Chico Xavier nele.)
     A mocinha que quer arrumar um namorado, mas não sai de casa. (Ela pode até arrumar alguém, sempre tem o encanador, carteiro...)
    O rapaz que quer ficar sarado pro verão, mas nem na porta da academia pisa. (Isso se não for daqueles que depois de "malhar pesado" vão direto pro rodízio de pizza e depois ficam se perguntando "Será que tá dando resultado?".)

     Há tantos casos que eu poderia escrever um livro. Quem não conhece um BeyBlade (pessoa rodada; periguete; putão) que reclama por um namoro sério? Vive nos bares e baladas da vida, pegando geral e depois reclamam da fama imposta, acredita que eles ainda dão a desculpa "Enquanto não encontro a certa, me divirto com as erradas."... Sério isso? ¬¬'

     Depois eu sou o ignorante, insensível, insuportável... Mas é claro que eu sou, quem te disse que eu não era? Não me venha com idiotas citações ou com mimimis, ora bolas! Se você se põe numa qualidade de panaca e reclama de si, tenho péssimas notícias para seu terapeuta. Aumente a dose de Realidade e de preferência tomar antes das refeições 5mg de composto Amor Próprio & Bom Senso. 

     Não precisa ser psicólogo, sociólogo, teórico ou amigo pra perceber tais condições do contrastado. Não deve-se, também, ter pena dessas pessoas, pois muitas vezes o que elas buscam são tapas na cara de pura sensatez. (De modo figurado, não vamos dar porrada nos nossos coleguinhas, por mais que eles mereçam.) 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Quando bate aquela saudade.