Verde



     Na linguagem corrente, é comum falar-se da maturação das frutas no sentido de se encontrarem em condições de serem consumidas. Classifica-se um fruto como maduro quando a sua semente se encontra totalmente formada e pronta para a disseminação. O fruto pode, então, adquirir características como: intensificação do cheiro, mudança da cor ou mesmo a queda do fruto de seu vegetal originário (ex: as maçãs que caem da macieira). O antônimo de maduro é imaturo (ainda que, na linguagem corrente, se utilize a expressão "verde", devido à cor típica dos frutos ainda em desenvolvimento). Maturação ou amadurecimento é o processo de desenvolvimento dos seres vivos ou suas partes no sentido de tornar o organismo apto para a reprodução. Em relação aos animais, diz-se que, nessa altura, eles atingem a maturidade. Os seres que ainda não atingiram a maturidade designam-se como "imaturos". Dentro de uma visão psicológica, diz-se o ser humano maturo, aquele que tem uma grande experiência de vida e uma visão melhor dessa no seu sentido filosófico. A maturação, nesse sentido, pode ocorrer após ou durante uma crise psicológica, desencadeada, geralmente, por algum evento importante na vida do indivíduo.
     Ser maturo exige uma evolução do atual estado psico-emocional, o que é relativamente ligado à alguma circunstância que delimita o ponto de continuidade, este é o pause da vida onde ocorre a transição do eu de ontem para o eu de hoje. Seja por um fato bom ou ruim, uma viagem ou um trauma sinistro, obter experiência é decantar sentimento perante a situação proposta, aceitar os fatos e acontecimentos liquefazendo pensamentos e ações que progridem à realização preconizante aos deleites de comentários de outrem. E após muito fermentar, o que pode levar um período em luto ou aprovação íntima, finalmente toda essa etapa de vida cai feito luva em mãos no que condiz ao aprendizado pessoal. O que podemos repeti-lo ou apenas evitá-lo, quem dirá se tal experiência teve efeito e qualidade de refazê-lo será nós mesmos, por isso que podemos voltar ao erro e podemos acertar novamente.
     Ter uma experiência de vida não é apenas passar por maus bocados, enfrentar adversidades, sofrer amargamente o que o diabo e o inferno inteiro preparou, muito pelo contrário. Toda forma de aprendizado é uma nova experiência obtida que nos faz ganhar níveis maiores na personalidade. O que dificulta tudo isso é o prazer que temos em pôr em altar todo o sofrimento ou dificuldade e esquecemos que os momentos bons também são valores que somam XP (experiência); Acredito que o caminho do sofrimento, este que deixa cicatrizes latentes, por ser mais desagradável e marcante, é o mais preferencial por nós mortais. É quase sempre ele que faz a passagem dos nossos pontos de experiências valerem, seja por escolha, seja por impulso do inconsciente. 
     Gostaria de encontrar ainda nesta vida, todas as pessoas que um dia cruzaram meu caminho, para ver o quanto elas mudaram. Hoje me deparo com algumas que tem tanto para oferecer, mas possuem o medo de crescer, o caminho do cômodo é mais fácil do que enfrentar o mundo. E em evasão ao maturo elas vão vivendo, como se isto não fosse acabar, mas quando acabar a experiência vai marcar, a inércia deixa tantas marcas quanto o saltar em galhos. O tempo não perdoa nenhuma criatura viva e não-viva, por isso temos que continuar a experimentar sempre o novo de forma sublime e coerente.
     Eis o caminho definitivo para tornar-se experiente em qualquer coisa que você desejar: experimente coisas novas. Lembre-se de que “uma mente que se abre para uma nova ideia jamais retorna ao seu tamanho original” e esteja certo de que sempre que você tiver a oportunidade de ver as coisas sob a óptica de um principiante isso significa que você está crescendo e tornando-se mais experiente. Quando você faz algo que nunca fez antes há uma mudança interna acontecendo e você passará a ser um produto de suas novas experiências. Lembre-se que não importa muito se uma experiência foi positiva ou negativa, pois até mesmo uma experiência negativa é capaz de pagar-lhe dividendos se você souber como fazer isso.
       Eu acredito que você deva prestar atenção a essa nova descoberta sobre como tornar-se uma pessoa experiente e, desde já, iniciar a sua busca por novidades que o façam crescer e evoluir. A ideia é absolutamente simples e eu espero sinceramente que você possa tirar proveito dela a partir de agora e que ela ajude você a tornar-se alguém ainda melhor do que você é atualmente.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Eu fui à praia sozinho.