Eternity


      Muitos se perguntam como será o futuro. Hoje eu não me importo com tais conjecturas, já que após ultrapassar a geração Wi-fi me pego vendo a geração Nano, e creio que o mundo não possuirá macro coisas, mas sim nano coisas. Do que isso importa para você caro leitor? Nada. Isso mesmo, de nada isso importará já que você certamente será lembrado por algo único que fomentou o caminhar da humanidade.
      Agora você parou para pensar qual o feito tão grandioso que marcou sua existência na terra? Você já ganhou uma medalha dada pelas mãos do presidente? Teve o busto em bronze ou nome dado a algum logradouro? Publicou um livro que tornou-se um Best-Seller? Salvou vidas em uma grande enchente ou incêndio? Se você não fez nada disso, você é apenas mais um número nas estatísticas dos mais de 7 bilhões de seres nesse planetinha. Os anônimos.
      A eternidade é o limbo das notícias. Nada é eterno além das próprias memórias, se houver alguém para lembrar do teu nome, das tuas emoções ou palavras, enquanto houver um coração pulsando em teu favor, você sempre será eterno. Não se apegue ao que não te convalidar o crescer, tais minimalistas coisas como títulos, sensação de poder, ou holofotizar as situações, não irá perpetuar tua imagem.
     Reza a lenda que ninguém é lembrado por seus integrais feitos, sejam bons ou não, o que valida tal extensão da própria história é o jeito de ser. O encanto se perdurará em ideais e corroborações de atitudes íntimas, serão tidas como exemplo e como tal, será usado por todos aqueles que se sentirem aptos a tentar, você poderá ser legendário por uma técnica médica revolucionariamente simples ou ousada, sairá nas capas de jornais e revistas por ter tido um bom coração, ou será um "amigo do amigo" que um dia fez algo e deu certo.
     Anônimos nós somos para o restante do mundo, entretanto para os que estão conosco, somos a eternidade deles em nossas histórias e nossa perpetuação na vida deles. Invista na boa imagem e sinceros atos, sem ostentar qualquer valor. Sorria.
     

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Quando bate aquela saudade.