Quiero


 Se desejas algo, almejas algo, se queres algo, apenas queira.
 Atente teu olhar ao querer e faz o possível para ter.
 Não tenha por um só momento, pois o ter era o querer e, assim sendo, porque tanto queria, nessa ousadia, descarta o ter porquê?
 Apenas querer é tão vazio, é algo infantil, como quem faz birra apenas para possuir.
 Não saber possuir é pior do que apenas querer, pois a oportunidade passa, mas o querer permanece, e por não saber usufruir da posse, do ter, continuamos querendo, o que de fato não cobre a pobreza de não saber o que quer, revestindo a falsa perspectiva inalcançável do ego singular de visão turva e bisonha em querer.
 O que eu quero?
 Sou merecedor do que eu quero?
 Eu sei perceber se o que eu tenho é o que eu quero ou eu vivo em utopia própria?
 Antes de querer, observe o que você tem e se você é capaz de ter aquilo que quer.
 Um objeto móvel, imóvel, fungível, pessoa, animal, sentimento ou desejo.
 Não seja leviano em ter o que quer e depois não querer mais.
 Não use.
 Se não souber querer, apenas deseje.
 O desejo é maior valorizado do que aquilo que apenas queremos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Quando bate aquela saudade.