Bons Tempos


 São tanto problemas que parece não ter fim e me fez lembrar de uma aventura que começou com doses de ciúmes entre um brinquedo e outro. Histórias de um Cowboy e um Astronauta, percorrendo aventuras malucas e de grandes proporções, só me remete ao passado, aos amigos e à verdadeira amizade. Lembro da infância múltipla que eu tive entre os amigos de colégio, amigos da rua, os amigos do Sesc, amigos da Orla, amigos de Raves, amigos de internet... Tanto amigos já passaram pela minha vida e tantos outros que ainda vão vir, o que eu espero é continuar dizendo "Amigo Estou Aqui".
 Sei que não sou o melhor amigo de ninguém, tampouco o único, porém sou desses que está sempre presente quando as coisas então descaminhando ou caminhando muito bem. Claro que também tenho o meu particular e meus próprios horários, dividi-los entre tanta gente não é tarefa fácil, mas sabe quando você sabe que ontem, hoje e amanhã pode contar com aquela pessoa nem que seja para ela te dizer "Eu te disse que isso ia acontecer, não chora, vamos para um bar"?
 Todos os meus amigos de ontem são distantes, alguns com outras amizades que não aprovo, alguns com estilos de vida que não suporto, alguns com pensamentos que discordo, mas mesmo com tantas diferenças, ainda assim, tenho uma grande admiração por eles, pelas pessoas que eles se tornaram. É como ver uma criança crescer e você sempre vê-la como uma criança pequena, por mais que ela tenha crescido, a memória dos "bons tempos" vai sempre ser lembrada ao primeiro sorriso, seguido de boas risadas que lembram as tardes de vôlei, as noites de filmes, as manhãs de RPG... Quanto coisa aconteceu naquele tempo e hoje eu não me arrependo de nada, de nenhuma palavra dita, de nenhuma briga por nada, de nenhuma viagem feita, a única coisa que eu me arrependo é não ter aprendido a dizer Adeus.
 Alguns amigos partiram de uma forma são pronta que não tive chance de dizer um simples tchau, mas tem os casos que é possível um abraço e tem outros que o abraço só poderá ser sentido na lembrança. Por esses e mais alguns motivos quero ser tão presente quanto posso na vida dos meus "amogos" (amigos que amo), pois nunca sabemos quando será a ultima vez que veremos aqueles sorriso.
 Mesmo longe ou até de pertinho, qualquer problema ou qualquer gargalhada, saiba que pode me chamar para compartilhar, pois mesmo tentando ser ninja ainda tento ser amigo. Desses de porta-retrato, desses que contamos para os nossos filhos sobre os "bons tempos", e lembre que as possibilidades da amizade são tão infinitas quanto o abraço que te dou agora.

 Amigo eu sempre estarei aqui.



Comentários

  1. Amigo estavas espirado!
    Com as suas palavras faço as minhas, então, nunca esqueça delas!
    AMOGO! (amigo que amo)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Quando bate aquela saudade.