Postagens

Mostrando postagens de Fevereiro, 2012

Hey You!

Imagem
Sabemos que ninguém possui um manual instrucional, porém cada um vem com certos dizeres e atenções especiais que, se a pessoa em questão, temer-se em perder alguém, algo ou oportunidade ela demonstrará desde o começo sua real intenção e seus avisos. Contudo há de se observar que nem todo aviso mencionado pelo próprio é seguido de forma instituída, remete-se então as condições gerais da teoria de relacionamento obtuso.  Os gostos e desgostos devem ser respeitados e se se tratando de personalísticos traços por quê seria diferente? Toma então o conselho como verdade e busca fazer diferente da próxima vez que for dado-lhe uma proposta similar e tenta, logo de início, acertar os fatos condizentes com a perspectiva.

[fazendo]

Não Jogue Amor Na Rua.

Imagem
Acordo sempre com a indiferença no olhar,  Com pensamentos inconstantes,  E antes de abrir os olhos eu rezo, para o dia mudar,  Esperando sempre ouvir um "bom dia" sussurrado,  Mesmo que eu não faça tudo aquilo que digo,  Digo tudo o que posso, pois assim chegarei a completar,  Não tenha isso como banalidade, exagero, vazio...  Queria poder esquecer de você,  Mas lembro de ti toda hora,  Desafios, propostas, promessas, um sorriso...
 Agora que tudo se trancou posso levantar,  A hora é agora, hora de você olhar para mim,  Em frente ao espelho replicante eu pergunto,  Quem sabe agora você perceba?  Você me veja como realmente sou,  Um rabisco, um borrão, um alguém perdido,  Esse sou eu,  Quem nunca vai te dar o mundo que a ti pertece,  O incrível universo que vejo dentro do teu sorriso,  O arrepio da pele que o dedo percorre em brincadeira,  Pensamentos meus que talvez você nem queira ouvir,  Mas vários universos criados para chegar ao teu,
 Hora de continuar a arrumação da vida,  Trocar as roupas d…

Desapego.

Imagem
Quando estamos na fase de aprendizado dinâmico, entre os 2 a 7 anos, aprendemos a falar, andar, comer, dividir, correr, cair, chorar, gritar, bater, se esconder, pular... Aprendemos muitas coisas quando somos pequeninos, mas não aprendemos a dizer adeus. Quando ficamos maiores, quando nos tornamos adolescentes, o ego cresce ainda mais, o individual toma conta, o egoísmo, a cumplicidade, a coragem, o amor, a raiva, a vingança, o perdão, mas o desapego... Ninguém lembra de aprender como se faz isso.
 De fato, com o tempo, aprendemos a deixar as coisas irem e aprendemos como as coisas nos deixam. É um ciclo de acontecimentos que não nos ensinam, por mais conselhos que recebemos nunca é tão simples. Apenas quando há um fato gerador originário em lide, torna-se muito mais fácil este tipo de ação, entretanto não significa que nos desapegamos. Deixar alguém partir pode arrancar-lhe o coração, mas não quer dizer que o vazio nunca se vá se preencher novamente.
 Quando não há mais nada para se fa…

Traços

Imagem
Quando convivemos com alguém por um certo tempo, passamos a visualizar alguns traços de comportamento e pensamentos que esta pessoa nos mostra por motivos imperceptíveis. Geralmente adquirimos alguns dizeres ou pensamentos do meio externo pelo próprio hábito de repetição, seja uma piada interna, seja uma citação poética, seja uma atitude compartilhada, é algo natural essa absorção.
 Entretanto, há outros traços personalísticos que nos traduzem por várias vezes, digo isso como exemplo vivo,  todos nós temos nossos próprios argumentos que já se traduzem pelas situações. Um exemplo disso é quando eu quero falar alguma coisa séria que provavelmente resultará em alguma coisa ruim ou um mal estar, quando inicio uma conversa com "Eu estava pensando..." ou então quando vou dar uma explicação que provavelmente vai sobrar para você ou não vai ter sentido algum "Então, veja bem...", ou então algum comentário sobre alguém que eu preciso urgentemente falar "Tu não sabe o qu…

Experiment nº32

Imagem
Iniciar um experimento não requer tanto esforço quando se tem uma base em diagramas de procedimentos a serem observados e cumpridos. Entretanto, observe que sempre haverá as probabilidades do meio e possíveis resultados, tenha tudo em apontamentos e se possível compartilhe a experiência com seu orientando. O período de efetivação de tal experiência pode variar, iniciaremos com períodos curtos para melhor assimilação de resultados.
Fato Gerador:
 A importância da informação ser agilizada ao instante momento que dificulta a passagem.
 O que custou exponencial propriedade, hoje per faz em liquidez de informações. O experimento social número trinta e dois, se tratou de saber em quantidade significativa de atrativos informacionais, sobre o quanto de importância as pessoas dão ao universo virtual a qual estão inseridas. O campo de análise fora o site mais popular da atualidade, um site de relacionamentos que oferece dinamismo e compartilhamento de ideias e informações pessoais e/ou genéricas.  …

Addicted

Imagem
Qual seria essa necessidade humana de querer sempre estar em volta de pessoas, nem que sejam todos estranhos? Não entendo como temos o vício da atenção, de querer sempre compartilhar feitos, alegrias e tristezas com um único ser.  Acredito que após uma ação fracassada tenha apenas algumas escolhas como resultado, três reações de resultado satisfatório:
A) A Bebida: Geralmente o álcool como suavisador de realidades.
B) A Comida: Usualmente doces, massas e afins, elementos super saborosos e calóricos.
C) A Amizade: Compartilhar os dramas pessoais e ouvir suas opiniões ou dizeres são, de fato, reconfortante.
 Essas três opções de consolo podem ser distintas, mas o resultado é praticamente o mesmo. O objetivo é suprir a necessidade de atenção, de entorpecer a conciência, de ouvir opinião alheia só para saber que alguém sabe o que você estar a passar. Porém, muitas vezes, essas três pequenas opções podem não ser suficiente e você poderá voltar a errar ou então continuar outras opções como a D)…

Sumi

Imagem
Sumi porque só faço besteira em sua presença, fico mudo quando deveria verbalizar, digo um absurdo atrás do outro quando melhor seria silenciar, faço brincadeiras de mau gosto e sofro antes, durante e depois de te encontrar. Sumi porque não há futuro e isso não é o mais difícil de lidar, pior é não ter presente e o passado ser mais fluido que o ar. Sumi porque não há o que se possa resgatar, meu sumiço é covarde mas atento, meio fajuto meio autêntico, sumi porque sumir é um jogo de paciência, ausentar-se é risco e sapiência, pareço desinteressado, mas sumi para estar para sempre do seu lado, a saudade fará mais por nós dois que nosso amor e sua desajeitada e irrefletida permanência.
-Martha Medeiros.

E Fora Como Sempre Aconteceu...

Imagem
Tudo pára de acontecer, ficam quase imóveis ou em câmera lenta, vultos em forma de gente, luzes horizontais contínuas em vez de faróis de carros. A tarde se evadia e ao nascer da deslumbrante noite caiu a chuva. Em pleno crepúsculo, possuindo um acessório tradicional para não me molhar, caminhei entre borrões, entre casas e calçadas. Ficara imerso em si.  Me peguei em questionamentos comuns, entre caminhos não tomados e de possíveis futuros, a chuva caia silênciosa e só pedia tradição aos ecos do mundo externo. Todo barulho era de muito longe, distante, incompreensível aos ouvidos surdos de si. Tudo o que pedira foi um sinal de certeza, não pedi para a divindade ou cosmos, pedi um sinal, uma força, qualquer coisa que me fizesse crer naquilo que prego. Aquilo que acreditei estar certo.
 -Olha... Sussurrou uma voz em minha mente.
E em reflexo, sem me preocupar com nada, olhei crescer, no chão molhado, os raios do sol. Os luminosos raios vindos em minha direção, tocando corpo de baixo para …

Praxis Seizure: Heart.

Imagem
Inner Circle Ventrue está concovando um Referendum;
Em alguns momentos da vida o título que você possui torna-o mais importante dentre os demais ali presentes.
 No card game Vampire, temos os títulos como pontuação para determinar situações de voto, sempre do mais antigo ao mais novo, podendo até alguns vampiros não possuírem nenhum título, nem voto. Porém, há cartas de Votação, chamadas Praxis Seizure: (Local), que torna determinado vampiro um titulado, geralmente estes tornam-se príncipes ou priscus, dependendo da carta. No entanto há outros momentos que podemos perceber a importância, ou não, do título.
 Algumas pessoas acreditam que só pelo fato de possuírem a carteira de trabalho assinada pelo empregador, isso dará estabilidade trabalhista. O que é de fato errôneo, pois o empregador pode a qualquer momento despedi-lo. Do mesmo jeito ocorre nos relacionamentos.
Ter título de ficante, namorado, noivo ou marido, não dá nenhuma segurança que tudo será feliz para sempre e que ninguém pec…

O Garra!

Imagem
Sempre que me vejo sem rumo, sem direção, condição ou percepção, remeto-me ao conhecido mundo infanto-juvenil. As pequenas coisas que sempre me alegram e me confortam de uma maneira que só eles sabem fazer, o jeito que só eles sabem roubar um sorriso sincero meu.
 De fato, é até complicado explicar os motivos corretos para que, nos momentos que apreciamos como dificultosos ou árduos, nos acorrentamos ao familiar, ao até mesmo ao habitual. Creio que seja por nos dar o conforto ao corpo e mente, e com isso possamos continuar nossa batalha diária. Contudo é certo afirmar que  quase todos os seres que conheço hoje, gostariam de ter uma segunda infância, algo o qual poderíeis aproveitar novamente, sem todas essas cobranças do dia-a-dia.
 Para mim, um simples filme infantil da minha época já me deixa tranquilo, principalmente por já conhecê-lo muito bem e saber tirar lições para os problemas atuais. Geralmente busco neles explicações para meus universos, acho incrível como o sistemas de inocê…

Fringe Is.

Imagem
Estou do outro lado da realidade, algo multifacetado de reflexivo esplendor. A realidade se dissolve nas minhas escapadas peculiares de mente própria e avisos prévios. Queria que fosse tão bom quanto ouvir as músicas da vida fazendo trilha, como se pudesse correr tempo solto, outrora, em conjuntura ao espaçamento do coração.  Seria justo compartilha tudo e qualquer paradoxo, complexo, ortodoxo, e até mesmo tóxico pensamento?  Seria capaz, você, de visualizar o invisível?  Não são as respostas que nos trazem conforto. Quanto mais respondemos, mais perguntas fazemos. Buscar por soluções move montanhas, mares e céus. Não basta adentrar na mente humana, tem que se conhecer bem antes de invadir qualquer espaço, mesmo esse inexistente. Todo e qualquer ser que seja incapaz de entender as possibilidades, se acolhe, se destrói, se engrandece, se engana, por fim, em pensamentos egoísticos e cêntricos.
 Deixa os loucos com os loucos e os outros com o resto do mundo.
 Nem tudo se faz em senso comum, …

Fábrica de Sonhos.

Imagem
E bastou chegar o novo caderno para as ideias fluírem. De marca Moleskine, meu companheiro e nova paixão, andará comigo para onde eu for e, embora, não sendo de bolso e mais parecendo uma agenda, me ajudará a entender alguns pontos perdidos de uma busca ao futuro. O bom é que a fábrica reabriu, vamos ver agora como será a linha de produção e saber se haverá consumidores para os trabalhos apresentados.  Quadrinhos, novelas, estórias, comentários, filmes descritos, não importa o que seja apresentado neste novo recipiente de ideias, o que vale é que estará lá. Funcionando e forçando a buscar sempre mais. O moleskine é uma marca de cadernos de notas produzida pela empresa italiana Moleskine SRL. Embora o nome aluda ao tecido de mesmo nome, moleskin, o caderno não é produzido ou revestido com ele, e sim com uma capa dura de cartão envolvida por material impermeável. Outras características que a distinguem são cantos arredondados, uma tira de elástico para mantê-la fechada (ou aberta em dete…

Magia? Não, Cinema!

Imagem
Acho que na verdade essa postagem deveria se chamar Pipocas, mas em fim vamos aos "finalmentes":
E lá vem o cheiro de pipoca no ar. Isso é cinema! Espaço inconfundível que está presente em quase todas as cidades do mundo. O que seria do cinema sem pipoca e refrigerante?
 Claro que tudo tem um marketing e lógica. Pelo o que eu acho, a pipoca que é vendida no cinema nada mais é do que um artifício para que mantenham os telespectadores acordados. Eles tiveram que inventar alguma maneira de manter o povo acordado em meio a total escuridão e silêncio naquela época do cinema primitivo.  Óbvio que algum gordo deve ter comentado que enquanto assistia, ele também comia simultaneamente alguma coisa e com isso se mantinha acordado. Ok. Entretanto, o que seria mais prático o suficiente para fazer os telespectadores não perderem a atenção ao filme e ao mesmo tempo tinha que ter seu preparo rápido, para oferecer o alimento a nova gama de gente que estava prestes a entrar na próxima sessão?
 …

O Outro Lado.

Imagem
Todos temos curiosidade, mas nem todos sabem matá-la.
 Há vários caminhos para se chegar em um propósito comum, somo cegos por natureza, calma. Sempre há jeito para vislumbrar o desconhecido, por mais tentativas errôneas que possamos fazer.  No mais tocante dos casos, a delicadeza dos detalhes podem suprir lacunas que nem sempre somos nós que produzimos, basta saber fazer. Isso só o tempo resolve, se é que ele ajuda, pois tem gente que nem com luneta consegue ver as respostas de simples problemas.  O que podemos fazer é tentar, tentar e continuar tentando. Machucando, relaxando, desistindo e recomeçando, assim fazemos escadas para o muro em questão. O muro nunca cederá, nós é que temos que passar por cima, enfrentando-o. Passar por baixo, sorrateiramente parece bem inteligente, mas você sabe a profundidade do muro?  Manuais são para isso, para dar explicações específicas. Pena que os seres não possuem manuais de personalidade, o que também seria muito caro visto todo o protocolo. Alguns c…

Le Maluquè

Imagem
Aposto que você não contava com isso e também acredito que ninguém previa o que iria acontecer, mas aconteceu. Não sei o que aconteceu, mas em tentar me aproximar de uma desconhecida da infância, acabei por está colado a ela, vidrado e enfeitiçado. O tempo passou, anos na verdade, e mesmo que tudo tenha mudado muito, quase tudo completamente, embora as crianças hoje sejam homens e mulheres, embora tenha acontecido uma infinidade de coisas, embora nosso contato tenha sido ínfimo comparado as grandes amizades, a semente que você deixou plantada hoje é uma frondosa árvore.  É tarde demais para traçar combinações possíveis, criar teorias monumentais entre espaço/tempo. Estou satisfeito em ter você aqui do lado e pronto! Uma coisa que eu nunca esperei, algo que cresceu com as expectativas de ter alguém incrível para conversar, nem que fosse sobre qualquer coisa, alguém que nunca me negou um sorriso e a única pessoa que eu sai no braço.  De memórias antigas de felicidade, raiva e invenções ma…

Doa a quem doer, mas faça sangrar!

Imagem
Não importa a situação, seja sincero. 
Ser sincero não é ser rude, magoar pessoas pela livre expressão mental, ser sincero é ser honesto consigo e com outrem, independente do que eles vão achar de você após tal comentário ou ação.
 Sinceridade é algo tão meticuloso que maquiamos quase todas as informações. Um exemplo claro é a dinâmica do jornalismo que a cada notícia importante que já é mastigada para interessar só algumas coisas, eles ainda jogam logo após as matérias de relevância, algumas matérias de fundo vazio, tipo as praias mais bonitas, como gastar seu dinheiro, novidades de petshop. Uma técnica muito utilizada e acompanhada por gerações, para que o público não sinta tanto o peso dos grandes assuntos da mídia, seja em relação a catástrofes, seja em relação a grandes negociações internacionais, seja em golpes políticos.
 Entretanto, temos pura convicção que a omissão de informações que nos beneficiam, são estritamente necessárias. Mas é óbvio que são, se é por benefício próprio? …