Primavera - Verão; Flores - Corpão


Primavera chegou e com ela meu amor!

 Mas espera, a música não é assim... droga! Bem que ela poderia dar uma florzinha, digo forcinha.
 Acredita que eu nunca dei ou recebi flores? De nenhum tipo? Contando também com as de plástico, gravuras, pinturas... 0. Será que assim como as cartas, se eu começar a dar flores legais de presente eu receberei um dia? Na verdade eu tenho plena certeza que receberei flores. Quando eu morrer, obviamente, mas já é um lado... eu acho.

  

 Combinado com as flores, está a taxa de compromisso próprio para o próximo ano. Minhas graduação em ócio está acima da média mensal, e, embora  eu esteja gordo eu não consigo manter nenhuma dieta ou série de exercícios.
 Vai ser mais um verão de barriguinhas e peitos sarados sendo imaginados por mim na frente do espelho. O bom é que o meu meio não tem nada em que eu possa refletir ou gerar pressão, o que de uma forma é bom e ao mesmo tempo ruim. Não ter o exemplo tão próximo me deixa mais um ano tranquilo e disposto para tentar mais uma vez.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Eu fui à praia sozinho.