Blastoise


 É interessante quando se é jovem, o fato de quase nada nos fazer feliz. Geralmente é algo de cunho capitalista.
Vale ressaltar a importância da exploração de toda a energia condensada em histerismo e glória. Um dos momentos mais chocantes e incríveis da alegria juvenil é possuir uma carta do pokemon Blastoise.
 Blastoise nada mais é do que um ícone do mundo nerd, pelo menos eu achava nerd já que agora virou popular, siginifancando qualquer coisa que seja absurdamente foda. Tomando sempre para o bom sentido desta palavra.
 Pode ser um objeto, como a própria carta, um encontro inesperado, como ver o amor chegar de mansinho, pode ser também um evento ou situação marcante, como a formatura de um amigo seu que entrou pra história depois de 10 anos estudando a mesma coisa. Puxamos sempre pro mais simples e popular, como uma piada interna, indicativo de situação insana, ou quem sabe uma festa de feriadão na casa de praia. Tudo muito super Blastoise.

 A piada é antiga, todos sabemos. Rendeu milhões de acessos no Youtube, várias outras piadas e vídeos sátiras como a do Mundo Canibal, e centenas de piadas internas, externas e histéricas. O que vale mesmo é observar o cunho de diversão que uma simples carta possa oferecer. Quem acha o seu Blastoise não quer deixá-lo ir, e há de se comemorar muito, tal como a criança que ganha o Nintendo 64.
 O tempo vai passando e a piada vai ficando repetida, cansativa e por fim chata. Raro hoje as pessoas se aventurarem a ter a disposição, e garganta, para gritar por sua carta rara. Consigo ver apenas nos vestibulandos e em poucos deles. Onde foi parar o entusiasmo e pulmões da nossa euforia?
 Para quem não dar o valor necessário, o antigo Blastoise é apenasmente uma carta de papel qualquer, de um jogo boboca, que toma o dinheiro de criancinhas nerds que não tem o que fazer. Para nós os imaginários de plantão, a euforia da carta nova, do emprego novo, do game novo pra PS3, ou até mesmo a namorada nova, é tido como super conquista e deve-se gritar (isso é uma metáfora) por isso.

 Simples cartinha de um pokemon azul boboca, pra nós:

 BLASTOISEEEEEEEEeeeeeeeeeeeee!!!!!!!!!!!!!!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Eu fui à praia sozinho.