Eu Não Quero Voltar Sozinho




Vamos do começo: o curta-metragem "Eu Não Quero Voltar Sozinho", dirigido pelo cineasta paulistano Daniel Ribeiro, é um filme de rara delicadeza, extremamente sensível, realizado com competência técnica e cuidado artístico inquestionáveis.

Desde 2010, o filme vem sendo exibido e fartamente premiado em festivais e mostras de cinema no Brasil e no exterior. O curta conta a história de Léo, um menino de 15 anos, cego, que se apaixona por um colega de classe.Como prova de sua qualidade e de seu cuidado ao lidar com dois temas ainda tabu - homossexualidade na adolescência e deficiência visual -, o filme foi incluído no programa Cine Educação, em parceria com a Mostra Latino-Americana de Cinema e Direitos Humanos.

Eu, sinceramente, achei fantástico! O curta se desenvolve num clima tranquilo, parecendo mesmo um longa. É simples e objetivo. Lembra uns filmes nacionais lançados recentemente com essa temática simplista estudantil e conflitos reais, não tem palavrões nem tiroteios... Creio que só o povo alternativo/Cult é que pode, eu disse PODE, admirar esse tipo de filmagem.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Quando bate aquela saudade.