F.r.i.e.n.d.s

 Embora a concordância da frase esteja errada, creio eu, mas é de suma importância sua essência: "Amigos são a família que a gente escolhe."
 Não falo sobre isso por dar-lhes importância no momento, nem tampouco por falta deles... apenas acho digno uma postagem de modo geral, para aqueles que me acompanharam, acompanham ou acompanharão em um certo futuro. Que somos mutáveis isso já sabemos, mas você já parou para pensar quantas vezes nós mudamos de 5 anos para cá? Se se os amigos de antes são os mesmo de hoje, ou então quantos já passaram por nós?
 Não sei muito bem se a vida está muito depressa ou muito desfocada, mas ela passa de uma forma tão sublime, que percebemos que ela está passando quando nos damos conta de fatos super importantes, verdadeiros marcos históricos, tal como as torres gêmeas, eleição do Lula, meu sobrinho fazendo 12 anos de idade... sério, isso me deixa tão perplexo, lembra do grupo "É O TCHAN"? e do programa de jogos do "HUGO"? mas do "IVO HOLANDA" ninguém esquece né... pois é, a gente esquece por um tempo. Em se tratar de lembranças e do corre-corre do dia, a gente acaba por atropelar as coisas e as horas passam, os dias, os anos, e por fim décadas. Quem dera não fosse os 2 anos sem MJ, não é mesmo?
 Quando eu encontro um verdadeiro amigo que não via a muito tempo, e sempre me perguntam quais as novas, sempre respondo a mesma coisa "sem novidades", mas ao passar mais um tempo a conversar é que as coisas vão fluindo, e jorram informações de variados tipos e tamanhos. De praxe alguém está casado ou grávida, raramente algum acontecimento de deixar os miolos no teto.
 Lembro do tempo que amigos eram aqueles que ficavam comigo nas calçadas da vida, comendo pipoca e rindo dos outros, inventando histórias e jogos, tendo conflitos e fofocas entre si, ou apenas vendo um filme qualquer. Lembro do tempo que ir ao shopping era coisa de adultos, e nós pequenos apenas íamos na estréia de Harry Potter, e sempre alguém ia nos levar e nos buscar... Bons tempos esses que não voltam.
 Hoje amigo tem outro significado, nós crescemos tanto fisicamente (nos tornamos homens e mulheres), mentalmente (somos idealizadores, críticos nato), espiritualmente (acho que essa parte nem tanto viu) e com todo esse crescimento, cresceu junto o conceito de amigo. Amigo hoje, é aquele cara/garota que não nos deixam em nenhum momento ou circunstância, que quando a gente precisa, seja de que forma for eles estarão lá, são aqueles que sentem quando algo vai errado e chegam junto, são os que brigam conosco quando estamos errados, são os que comemoram quando estamos indo bem, são os que nos perdoam e perdoamos quando acontece algo de grave, são os que nos aceitam independente de raça, sexualidade, signo, projeção e manias, são os que convivem conosco, são os que vivem longe, são os que partiram para mais longe ainda, foram os que faleceram mas deixaram suas vidas em nosso espírito, são os que vão aparecer no nosso caminhar.


 Não importa qual o tipo de amigo que você tenha, se é só os de balada, só os de barzinho, só os deprimidos, só os nerds, só os descolados, só os gays ou a fins, só os psicólogos, só os aventureiros, só os malucos, só os ... Há milhares de tipos de amigos que servem só pra um tipo de coisa ou para vários. Não importa qual tipo ele/ela seja, agradeça sua amizade e faça valer o tempo com eles.
 Os melhores amigos são os fodas, são aqueles que estão com você no momento certo ou errado, estão vendo você fazer besteira, brigam com você, dão todos os conselhos, mas mesmo assim vão "apoiar" ou ficar indiferente, depois da besteira (seja ela qual for) eles vão estar lá dizendo "eu não disse?" e ainda te acolhem novamente "chore não, sempre há um jeito". São os que estão nos piores e melhores momentos da sua vida, são aqueles que quando acontece algo de muito bom ou muito ruim, você liga automaticamente para eles, ou manda logo uma mensagem coletiva. São aqueles que quando você vai pro hospital, não dá 30 minutos e eles estão brigando para ler o prontuário e discutindo com os médicos para você ser atendido preferencialmente. São os que arrastam você de casa quando você está na fossa depois de um término de namoro, deixam você beber até não conseguir mais e te levam pra casa ou até mesmo para casa de algum deles só pra você acordar num lugar tranquilo e aconchegante. São os que não esquecem seu aniversário, seu casamento, sua primeira saída com a turma, sua primeira briga, suas piadas internas, seus erros, eles não esquecem nada disso... podem até esquecer, mas só a presença deles em nossas vidas os tornam tão especiais que isso faz com que nós os perdoemos. Podemos deixar de falar com um melhor amigo por 50 anos, ele vai ser sempre nosso melhor amigo, nosso amigo-irmão.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Eu fui à praia sozinho.