Fim do Início


Meus caros, hoje cedo tive um pico de criatividade e resultou uma dúvida muito cruel. Certo que as minhas crônicas seriam 3 livros, lembram? Que estavam em fase de revisão e tudo mais, porém ao continuar com o terceiro e ultimo da saga de Mercúrio, fiquei de frente com um hipótese muito improvável, a de eu não terminar a história por aqui.
Ao já saber de fato o fim deste livro, faltando só juntar umas peças e dar uns nós, criou-se a hipótese de explorar ainda mais o universo paralelo do (im)possível, agora não sei se dará certo como planejo, nem sei se terei outro momento criativo, afinal é de momentos que escrevo e reviso minhas escritas. Se tudo continuar fluindo desse jeito, vamos ver onde vai parar. 
Detesto matar personagens, detesto criar ambientações, detesto deixar as coisas sem sentido. Lost é o erro pra mim. Por isso escrevo de uma forma (des)conexa, onde tudo se (des)encaixa, tudo é possível e te deixa dizendo várias vezes "mas como?", "por quê?", "não acredito!".
Só digo uma coisa, por mais que eu não tente, eu supero todos os clichês, criei algo improvável e um universo de dúvidas sobre casos e fatos, nunca li algo tão incrível quanto minha própria história. J.K ROWLING, vou deixar seu Harry Potter no chinelo, ou melhor, nas Havaianas. 

Comentários

  1. Eii vc sabe o quanto as suas postagens são queridas por mim né!? Faça siim continuação pow, te dou a maior força! Adorei as havainas! kkkkk
    #oboméqueeufaloissoeelesabequenãoébalela

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Eu fui à praia sozinho.