Tron: Legacy

A aposta de 3D não me atraiu, assim fui logo assistir ele em 2D mesmo.

Não me decepcionei.

Creio que o 3D seria mais dimensional que efeito matrix [matrix = coisas vindo na nossa direção]. Ao contrário do que esperava, Tron se desenvolveu de uma forma ansiosa e rica em detalhes.
A história que é clichê, deu pra se engolida com muito efeito especial. Percebi que o Clu era CG no fim do filme, a maior parte do sistema lembra fielmente o do Tron de 1900 e 8 bits. Os jogos tão esperados deram um show de expectativas.
Sabendo que o mocinho errante não iria morrer nem tão cedo, mas mesmo assim dá pra ficar instigado no jogo do disco e no jogo da moto, que fora incrivelmente recriado. Pra mim a melhor seqüência do filme.
A trilha sonora tornava tudo sombrio e jogável, era incrível se deparar com sons que disparavam as pupilas para aquelas luzes e sobras na grande briga. Creio que assistiriam novamente fácil fácil. Um filme que aprovo. Quem gosta de boa continuação, curiosidade de cenas, velocidade e mulheres bonitas vai adorar esse filme.
Ah! E quem espera ver o antigo Tron [personagem do 1] não se enganem, ele não aparece, é só um figurante de merda que tem uma fala no fim do filme. Esperava mais dele ¬¬'

Nota:8,0

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Eu fui à praia sozinho.