Promessas

Fazemos promessas de ano novo, pois temos 365 dias de oportunidades de realização e 365 para dizer "Amanhã eu começo; Amanhã eu faço; Amanhã eu vou lá".

Não faço promessas, acredito que seja injusto comigo mesmo se soubesse no íntimo que não farei algo, mas direi a todos que farei para as pessoas acharem isso ou aquilo de mim. Pois, afinal ninguém vai te cobrar mesmo, não há cobrador diário de promessa de ano novo.

Serei eu mesmo sempre, não vou mudar meu caráter. Posso mutar meu jeito, meus ideais. Como mudamos de governo, de amores, de coisas que não dependam tão somente da gente.
Kurt do Glee, disse algo que tomo como verdade. Enquanto não encontramos o par ideal, temos que aprender a viver sozinho. Conheço pessoas que pulam de 'braços em braços' por não conseguirem viver sozinhas, por vezes se iludindo com amores fúteis ou irresponsáveis.

Se vejo que é válido arriscar é possível conseguir algo, como o carinho da minha tempestuosa família. Feliz Natal e Feliz Ano Novo, era algo tão particular entre minha mãe e eu, hoje estendeu-se entre meu sobrinho e meu pai.
Meu pai me disse em uma de nossas conversas secretas, que não sentia mais vontade de viver. Que sua motivação era apenas continuar com o trabalho enquanto estiver vivo e ver meu sobrinho crescer e minha mãe satisfeita com sua vida.
Existe algum tipo de promessa banal de ano novo que faça mudar isso? Não, não existe.
Algo que sobrará é a esperança de tê-lo novamente em cada novo dia, tentando re-ascender a chama da vida que se apagara deste meu ente querido.
Ouvir de outra pessoa um pensamento triste de sua autoria, é tão destrutivo... é tão massacrante... é tão... tão questionável. Pergunto-me todos os dias quais seriam seus motivos para dizer-me aquilo. Com tanto desafeto.
Prometo sempre, que no mundo de possibilidades que tenho em mãos, os meu motivos sempre serão meus, e o dos outros, sempre tentarei fazer deles, algo racional. Se eu não conseguir, fazê-lo-ei, de íntimo, memorável.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Quando bate aquela saudade.