Hold My Hand

Aproveitando a passagem por uma música, estou postando para todos aqueles que confiam em mim, que me contam medos e segredos, que compartilham de alegrias e bons momentos. Já vivi muitos bocados segurando as mãos de vocês. Já pulei em tantos buracos pra resgatá-los. Já corri quilômetros em busca de uma só resposta para te acalentar.
Não sei como é possível um ser miserável como eu ser um ponto forte na vida de tanta gente, creio que poderia criar uma comunidade para ver tantos membros com um mesmo ideal de resposta.
É Interessante que todos que pousam em mim acabam indo embora com um sorriso no rosto, e eu continuo sereno do mesmo jeito que senti o pouso. Está para nascer alguém que eu peça a mão para segurar, alguém que arrisque tudo para me tirar do buraco, que chegue no natal e deixe a família para desejar um "Feliz Natal Meu Amigo".
Entretanto, a vida é isso. É fazer sem pensar, doar sem esperar receber, sofrer sem ter quem te console às vezes.
Mas não tenhamos medo de pedir ajuda, de fortalecer os laços de amizades, mesmo com aquelas pessoas que temos receios. Seguir em frente e fazer o máximo que podemos, só assim algo mudará. Não é?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Faça amor nu.

Faça Amor, Não Faça A Barba!

Quando bate aquela saudade.